Três maneiras conscientes de acalmar uma mente ansiosa

Estresse e ansiedade fazem parte da vida, especialmente durante esses momentos de incerteza, mas eles não precisam controlar o seu dia.

Estresse e ansiedade fazem parte da vida, especialmente durante esses tempos de incerteza. No entanto, não precisamos ser escravizados por nossa ansiedade e, em vez disso, podemos fortalecer nossas habilidades conscientes para aliviar nossas mentes ansiosas, entrar em nossas vidas e crescer em confiança.

1. Liberte-se  do crítico interno
Não apenas a ansiedade é dolorosa o suficiente, mas muitas vezes somos atingidos por uma segunda rodada de pensamentos autocrítica severa . Faça a si mesmo uma pergunta simples: os julgamentos o deixam mais ou menos ansiosa? A resposta é quase sempre, mais. Na próxima vez que você notar o autocrítico, veja se consegue interrompê-lo, entrando em seu coração e dizendo: “Posso aprender a ser mais gentil comigo mesmo”.

2. Pratique sintonizar os sentidos


Em momentos de ansiedade moderada a intensa, a prática 3 × 3 pode ser útil. Entre em três de seus sentidos e cite três coisas que você nota sobre eles. Em outras palavras, cite três coisas que você está vendo, cheirando, provando, sentindo ou ouvindo. Isso pode ajudar a interromper o pensamento catastrófico automático que está alimentando a ansiedade.

3. Canalize sua energia ansiosa
Nem toda ansiedade é ruim. Como a maioria dos eventos mentais, a ansiedade está em um espectro. Quando você está sentindo muita energia ansiosa, isso pode causar estresse ou coragem . De qualquer maneira, precisamos liberar isso. Se sua ansiedade não é grave, você pode realmente canalizar essa energia para algo produtivo. Se você está esperando nervosamente ouvir algumas notícias, por exemplo, fique ativo – faça uma caminhada rápida, limpe, organize ou faça uma horta.

Reinaldo Duarte da Silva

O Reinaldo é pai, Coach Ontológico, comprometido com seu autodesenvolvimento e engajado a compartilhar suas descobertas com as pessoas. Ele é praticante de meditação e bonsaísta nas horas vagas.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *