7 Dicas para Praticar Meditação Mindfulness com Crianças

Praticar Mindfulness com crianças é uma tarefa deliciosa. No nosso blog, dedicamos uma publicação para apresentar uma série de 18 exercícios que podemos fazer com crianças e adolescentes. Desde os 2 anos de idade, a criança pode ser convidada a meditar, a experimentar a atenção plena. Obviamente, pela tão pouca idade, os exercícios se dão em poucos segundos. Pouco a pouco, ela vai ampliando sua capacidade de concentração.

Dentre os benefícios do mindfulness para as crianças e os adolescentes podemos destacar a concentração, pois aprende a ignorar as distrações e colocar foco no momento presente. Também é uma excelente ferramenta de desenvolver a inteligência emocional, posto que a criança aprende a regular suas emoções.

Através da prática da meditação mindfulness, podemos aprender muito das crianças e com elas. Mas, antes de qualquer coisa, para que leve adiante essa tarefa de ajudar seu filho na prática dessa atividade, busque seguir os conselhos abaixo:

1. Tenha constância e paciência.

É preciso que você escolha horários fixos para a prática de Mindfulness. Além disso, também defina a constância, por exemplo, 2 ou 3 dias por semana. Escolha as atividades e defina o tempo a desenvolver a técnica. Considere a idade da criança. Tenha em conta de que o resultado não é imediato. A meditação Mindfulness requer uma prática continua para que se obtenham maiores benefícios.

2. Lugar tranquilo

Escolha um espaço tranquilo onde saiba que não haverá interrupções. Se vai praticar em casa com seu filho, busque um canto da casa que não tenha estímulos que possam distrair a criança, tais como brinquedos, televisão, etc.

Recomendamos que leia também os posts:

  • Ideias para criar uma mesa da paz: aprendendo a se acalmar

  • Trocamos o cantinho da disciplina pelo cantinho da calma?

3. Atitude lúdica

Para as crianças, a meditação deve ser apresentada como uma atividade lúdica, cheia de humor e de aventura. Não pense que será fácil para seu filho sentar-se por 4 ou 5 minutos e ficar quieto porque sim. Para isso, há uma série de atividades que você pode fazer com as crianças.

4. Repita alguns exercícios

Prove as várias atividades de Mindfulness que propomos na nossa seção ‘Mindfulness para crianças’. Observe quais são as preferidas de seu filho. Ainda que o exercício seja o mesmo, a experiência pessoal pode mudar em cada ocasião.

5. Participação ativa

Motive seu filho a praticar a atividade. Para tal, pratique junto com ele. Durante um bom tempo, será necessário que você conduza as atividades, já que é preciso que ele entenda o que é meditar e os benefícios que sua prática continua possa trazer para seu dia a dia. No entanto, esteja atento sempre aos gostos de seu filho. Pode ser que ele queira praticar sozinho. Oriente-o, mas respeite seu desejo.

6. Aceitação das emoções

Explique a seus filhos que é preciso aceitar suas emoções com amabilidade. Há dias em que nos sentimos bem, e outros em que algo nos deixa triste. É preciso que a criança aprenda a reconhecer cada uma emoções que um dia bom ou ruim possa provocar-lhe. Você pode dizer a ele: “Mesmo que hoje não tenha sido um bom dia, você está fazendo bem ao aceitar as coisas tal como são neste momento. Não julgue as experiências das crianças, todas estão bem e fazem parte de seu crescimento como pessoa.

7. Escute

Para uma criança, reconhecer suas emoções é algo muito difícil e complicado. Por isso, busque sempre falar com seu filho sobre as distintas emoções, nominando-as e explicando-as para que ele possa expressar o que sente. Ao final de cada atividade que realize, peça que explique o que sente, que possa dizer se suas sensações são boas ou más, simplesmente fazem parte da vivencia de cada momento. No entanto, não force nada. Caso não queira comentar, respeite sua vontade. Dia pós dia você conseguirá despertar a confiança de seu filho.

Reinaldo Duarte da Silva

O Reinaldo é pai, Coach Ontológico, comprometido com seu autodesenvolvimento e engajado a compartilhar suas descobertas com as pessoas. Ele é praticante de meditação e bonsaísta nas horas vagas.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *